3 ÓPERAS PARA INICIANTES

Já teve curiosidade de assistir a uma ópera mas ainda tem medo? Então este post é pra você! Vamos mostrar que esse universo não é um bicho de sete cabeças e por quais obras fica mais fácil de começar.

Antes de mais nada, não é preciso ser um super entendido para poder assistir a um concerto de música clássica, um ballet ou ópera. É preciso sim experimentar! Quando degustamos um vinho, por exemplo, simplesmente provamos e concluímos se gostamos dele ou não. Claro que, à medida que vamos aprofundando nossos conhecimentos, fica mais interessante, mas isso não é pré-requisito para a apreciação.

Em relação às óperas, é interessante apontar que, mesmo quando assistimos ao vivo, a legenda é projetada no palco. Portanto, não tem desculpas para dizer que não dá para entender o texto! Além disso, as montagens tem sido cada vez mais dinâmicas… a era dos cantores gordinhos que ficavam feito estátua lá na frente já passou.

De fato, esse tipo de obra é comprida… dura bem mais do que um filme! Mas trata-se de algo para o qual podemos nos preparar deixando a correria do dia a dia de lado e entrando em uma outra atmosfera. Aliás, a pandemia já tem nos trazido uma outra noção de tempo, não é mesmo?

Feitas essas considerações, vamos às nossas 3 dicas:

1) Carmem, de Georges Bizet

Com certeza você já ouviu algumas das melodias presentes nessa ópera! Elas aparecem muito em filmes, comerciais, programas de tv, etc. Escrita em francês, estreou em 1875 e mantém-se nos top hits até os dias de hoje.

A história é sobre uma sedutora cigana, a Carmem, que se apaixona pelo cabo Don José. Ao se envolver em uma briga na fábrica de fumo, ela é presa, mas convence Don José a libertá-la. E daí começam as confusões… não vamos dar spoiler, ok?

Além da história de uma fervorosa paixão, as melodias fáceis e conhecidas tornam a Carmen uma das óperas mais populares e, portanto, uma ótima opção para os iniciantes.

2) A Flauta Mágica, de Mozart

Essa é para assistir com as crianças! Cheia de personagens de contos de fada e cativantes, como o caçador de pássaros, Papageno. É uma diversão para todas as idades.

Existem mensagens subliminares, relacionadas à maçonaria e ao pensamento iluminista da época. Com texto em alemão, estreou em Viena, em 1791.

Sem dúvidas, uma das melodias mais emblemáticas do mundo lírico está nessa obra e é cantada pela Rainha da Noite (só não tentem imitar, por favor!):

3) La Traviata, de Giuseppe Verdi

Baseada no romance “A dama das camélias”, de Alexandre Dumas Filho, sua primeira apresentação data de 1853, em Veneza.

Nela temos a história da cortesã Violetta, apaixonada por Alfredo, que resolve se declarar para ele durante uma festa. Os dois resolvem levar adiante um amor quase que proibido.

E sim!!! Você já ouviu essa música também:

Então, animou-se para assistir a uma dessas óperas? Conte para nós como foi a experiência aqui nos comentários!

Equipe Camerata Benesi


Um comentário sobre “3 ÓPERAS PARA INICIANTES

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s