Orquestra para casamento: 6 coisas que você precisa saber

Muitos casais sonham em ter uma orquestra mais do que afinada em suas cerimônias de casamento. Eles querem um grupo de instrumentos clássico tocando repertórios variados, que comovam os convidados e provoquem lágrimas ou suspiros. Podemos dizer que a música é a cerejinha do bolo na celebração, ou seja, ela une todos os outros elementos como decoração, looks, alianças, daminhas e, principalmente, o vestido de noiva. Contudo, sabemos que escolher uma orquestra para casamento não é uma tarefa tão simples assim, uma vez que foge bastante do nosso dia a dia, ainda mais para quem não é do ramo. Assim, listamos 6 coisas que você precisa saber antes de contratar:

1. Formação dos integrantes

Como em qualquer entrevista de emprego, o músico, ao ingressar em uma orquestra, precisa passar por alguns testes e ter seu currículo analisado. As instituições de ensino pelas quais ele passou e quanto tempo permaneceu nelas são de grande relevância para a avaliação. Não se constrói uma carreira de instrumentista com apenas 1 ou 2 anos de conservatório… sabemos que é muito mais do que isso. Portanto, procure saber um pouco da história dos integrantes em questão.

Orquestra tocando ao ar livre, com violinos em primeiro plano

2. Quais são as partituras utilizadas

No repertório de casamento, é muito comum ter que fazer arranjos de uma determinada música. Ou seja, adapta-se a versão original para os instrumentos de orquestra. Para que isso funcione, cada integrante deve ter a sua própria linha, que é escrita especialmente para ele. Para termos uma dimensão do que estamos falando, imagine que você entregue a partitura do piano para a flautista … como ela vai saber o que tocar? Provavelmente ela vai improvisar alguma coisa em cima, mas que dificilmente soará bem. É impossível pensar nas regras de composição ao mesmo tempo em que se executa a música.

Além disso, quando cada um tem sua própria linha, é provável que o arranjo soe muito mais rico, pois foi arquitetado anteriormente para que nenhum instrumento fique simplesmente dobrando a melodia principal. Quer dizer, aquela melodia que gruda no seu ouvido será tocada por um ou poucos instrumentos, não por todos ao mesmo tempo, o que chamamos de uníssono. Salvo exceções em que o uníssono é desejado, como nos famosos corais da Carmina Burana de Carl Orff, ele normalmente é visto como uma versão mais pobre. O que queremos é variedade: cada instrumento tocando algo diferente.

3. Toda orquestra precisa de um líder

Neste caso, o líder é o maestro, o regente. É ele quem coordena todo o grupo, dá as entradas, define a interpretação, entre tantas outras atribuições. No casamento, em especial, o maestro faz a comunicação com o cerimonial para saber o instante adequado para iniciar e terminar a música. A grande vantagem é que os instrumentistas ficam mais livres para interpretar, sem ter que tocar o instrumento e ficar acenando para os outros ao mesmo tempo.

Maestro regendo uma orquestra

O maestro precisa garantir também que a orquestra será bem ouvida em qualquer ponto do local onde será a celebração. Ele circula, fala com o técnico de som, pede mais graves, mais agudos, pede para aumentar o microfone do fulano, pede para equalizar… enfim! É um ouvidinho de ouro!

4. Sintonia entre os músicos

Este é o aspecto mais subjetivo e difícil de ser atingido. É preciso que os instrumentistas tenham familiaridade entre si e com o repertório também. Isso é fruto da convivência, dos ensaios e das experiências que eles têm juntos. Músicos profissionais costumam não só tocar em orquestras para casamento, como também em instituições grandes e reconhecidas. Dessa forma, os vínculos vão se estreitando cada vez mais.

O que contribui, e muito, para a boa convivência é a liderança que existe no grupo. O maestro não tem só funções musicais, ele precisa ser também alguém respeitado e admirado pelo grupo. Afinal, é ele quem dá o “tom” das relações.

Orquestra tocando

Como normalmente a orquestra do casamento está ligada a uma empresa, é essencial que os valores e missão dessa companhia sejam bem disseminados entre seus integrantes. Os músicos são parte do time, abraçam a mesma causa e participam da história de um casal. Por isso, é interessante observar qual é o engajamento deles durante a cerimônia.

5. A disposição dos músicos no espaço

A maneira pela qual os músicos ficam posicionados é fundamental. Você já reparou que numa orquestra sinfônica, os violinos estão sempre à esquerda do palco (para quem está na plateia)? Percussão sempre lá no fundo? Pois bem, mesmo num grupo pequeno, o posicionamento é estratégico. Nada de bagunça!

Os contratantes também devem ter em mente que os músicos precisam de um mínimo de espaço para que possam tocar, ouvir e ver o maestro. De nada adianta ter uma orquestra magnífica e colocá-la atrás de uma coluna… o som não vai chegar tão bom assim.

6. Tipos de instrumentos que a compõe

Assim como em qualquer receita culinária, é preciso haver uma combinação certa dos ingredientes. Piano e cordas costumam ser a base de tudo. Daí, podemos acrescentar outros instrumentos, ou até mesmo vozes, de acordo com o gosto dos noivos. Tente ouvir formações diferentes para entender como elas vão soar. Não pense que uma banda de metais vai tocar leve e baixinho!

Se você ainda tem dúvidas para escolher os instrumentos, preencha o cadastro na página inicial e enviaremos nosso material exclusivo para lhe ajudar!

Noivos dançando na festa de casamento

Com todas essas dicas, esperamos que fique mais fácil de avaliar as orquestras para casamento disponíveis na sua cidade. Lembre-se de que a música é um dos elementos mais importantes da cerimônia.

Se quiser saber mais, veja mais artigos do nosso blog aqui.

Equipe Camerata Benesi


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s